Espectáculos Itinerantes

Slide1

Kamishibai “É Meu!”, dirigido a alunos da creche e pré-escolar e que tem como objetivo central a educação para os afetos.

Sinopse: Numa praia deserta da Antártida, uma baleia e um pinguim disputam entre si um peixinho para o seu almoço. São vários os argumentos que usam para conseguir ficar com barriga cheia. Partindo de uma competição, a solidariedade e a partilha são os valores destacados ao mesmo tempo que as crianças são convidadas a participar numa glaciar experiência sensorial e musical.

Apresentação Completa da Peça, Clique abaixo

ap-e-meu-teatro-debate

 

 

Slide1

Kamishibai “O Soldado Perneta”: destinado a alunos do 1º ao 4º ano de escolaridade e que tem como objetivo central a prevenção da discriminação.

Sinopse: No universo imaginário dos brinquedos do Pedro existe um soldadinho de chumbo que tem apenas uma perna. Este soldado vive uma paixão secreta por uma bela bailarina. Por outro lado, vive o drama silencioso de ser diferente de todos os outros brinquedos, sendo alvo de troça e agressão por parte de um invejoso boneco de mola. Numa história cheia de encontros curiosos e desencontros perigosos, assistimos às suas várias tentativas de se integrar.

APRESENTAÇÃO COMPLETA CLIQUE AQUI_SOLDADO PERNETA_Teatro-debate

Slide01

“O Gigante Picante”, destinado a alunos do 3º ao 7º ano de escolaridade e que tem como objetivo central a prevenção do bullying em contexto escolar.

Sinopse: Nas traseiras do recreio de uma EB 2,3 existe um jardim de acesso proibido onde vive um gigante que adora malaguetas. Jéssica, uma aluna do 6ºano, quer desvendar o mistério em torno deste jardim para ficar famosa nas redes sociais e convence Maria, sob diversas ameaças, a acompanhá-la nesta aventura perigosa. Ao longo da narrativa dominada pela tirania de Jéssica, acompanhamos de perto o mau estar silencioso de Maria, criança reservada com dificuldade em fazer amigos. Maria é vítima de discriminação por ser diferente dos outros, na sua forma de estar e de sentir. É também vulnerável à pressão dos seus colegas para infringir as regras, contra a sua vontade.

APRESENTAÇÃO COMPLETA CLIQUE AQUI_GIGANTE PICANTE_Teatro-debate

“Prova-me”: destinado a alunos do 7º ao 12º ano de escolaridade e que tem como objetivo central a prevenção da violência no namoro. Estreia prevista em Setembro.

PROVA ME CARTAZ

Sinopse: Dentro das paredes de uma amizade antiga entre duas colegas de uma escola secundária, nasce um amor secreto. Neste encontro único entre duas pessoas do mesmo sexo, o medo da discriminação aperta os seus movimentos e encerra no silêncio uma relação de poder e controlo que rapidamente sufoca a liberdade de quem tem mais dúvidas sobre si mesma. Empurrada pelo medo de ser invisível e puxada pelo desejo de ser especial, Rita vê-se assim encurralada numa relação abusiva que lhe traz vida mas que, ao mesmo tempo, lhe anula a existência.

APRESENTAÇÃO COMPLETA CLIQUE AQUI_PROVA-ME_Teatro-debate

Objetivos dos espetáculos:

(1) Fomentar a reflexão e o debate em torno de questões: bullying / violência / discriminação / conflito; características, causas e consequências; estratégias de prevenção e de intervenção; recursos de apoio a vitimas e agressores na escola, família e sociedade civil;

(2) Desenvolver competências de resolução de conflitos interpessoais e assertividade;

(3) Desenvolver competências de ativação de recursos de apoio existentes na comunidade;

(4) Promover o diálogo entre os vários intervenientes da comunidade escolar: alunos, docentes, auxiliares educativos e famílias em torno das temáticas;

(5) Incentivar a abordagem dos temas em situação de sala de aula, ao nível do currículo formal e informal de aprendizagens.

 

Metodologia:

A metodologia do Teatro-debate parte de vivências reais de um grupo de pessoas que vivem uma determinada realidade tida como problemática, trazendo-a a palco, para estimular a consciência social e o debate público em seu torno. Esta metodologia coloca a tónica na participação ativa do público na exploração de todas as alternativas possíveis e criativas para a resolução dos problemas abordados na peça. Depois da apresentação da peça, abre-se um espaço de reflexão, diálogo e experimentação em torno das várias situações problemáticas abordadas na sua história. O público – alunos e professores –  é convidado a entrar na peça, substituir os seus personagens e explorar novas soluções para os dilemas vividos pelo seu personagem principal.

O Kamishibai ou Teatro de Papel é uma antiga arte japonesa de contar histórias que combina o uso de ilustrações com a narração teatralizada. Visa o desenvolvimento da criatividade e capacidade expressiva das crianças.

Deixar uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Alterar )

Connecting to %s